Avançar para o conteúdo

Inteligência Artificial Revoluciona Atendimento de Passageiros

✅ Receba as notícias do tecArtificial no WhatsApp e siga o canal tecArtificial.

O setor da aviação está passando por uma transformação significativa nos aeroportos brasileiros, graças à adoção da inteligência artificial pela LATAM. A empresa aérea de renome internacional está em processo de instalação de tecnologia de ponta no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Essa inovação promete melhorar o atendimento de passageiros e tornar a experiência dos passageiros mais eficiente e dinâmica. Neste artigo, exploraremos como essa implementação está ocorrendo e como ela impactará positivamente a jornada dos viajantes.

A Promessa da Inteligência Artificial nos Aeroportos

Derek Barboza, diretor de aeroportos da LATAM no Brasil, destaca que a implantação da inteligência artificial tem como principal objetivo aprimorar o atendimento de passageiros e otimizar a experiência de viagem. Ele afirma: “Essa tecnologia me permite entender o comportamento e gerenciar a equipe de atendimento com mais eficiência. O software nos traz informações como dias e horários de maior fluxo para que possamos acionar a equipe conforme a necessidade e proporcionar um atendimento de mais qualidade ao cliente. Começamos por Guarulhos, mas já estamos avaliando a possibilidade de levar essa inovação para outros aeroportos brasileiros.”

A Tecnologia por Trás da Mudança

A LATAM está implementando a tecnologia de inteligência artificial por meio de câmeras em sua área doméstica de check-in. Desenvolvida pelo LATAM Labs, o núcleo de inovação aberta da LATAM, em parceria com a Proc Group, uma empresa especializada em infraestrutura de Tecnologia da Informação, essa solução inovadora consiste em nove câmeras que acompanham o fluxo de clientes em tempo real, transformando esses movimentos em dados valiosos.

Transformando Movimentos em Dados

O sistema opera transformando os movimentos dos passageiros em informações detalhadas sobre a duração de cada fase do atendimento para todos os viajantes. Isso possibilita acompanhar em tempo real a demanda de passageiros em relação à estrutura do aeroporto, permitindo uma distribuição mais precisa dos recursos de atendimento. É importante destacar que, em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a LATAM não tem acesso às imagens das câmeras, apenas aos dados transformados pelo software com base nelas.

Simulação da Tecnologia em Ação

Para ilustrar como as câmeras funcionam para captar as imagens que o sistema converterá em dados, observe a simulação abaixo:

[Inserir imagem de simulação das câmeras]

Melhorando o Atendimento de Passageiros

Os dados gerados alimentam um painel do software de controle interno da LATAM, permitindo à companhia realocar sua equipe para as áreas com maior demanda do processo de check-in de passageiros em tempo real. Essa mudança é especialmente benéfica para os passageiros da LATAM que passam pelo Aeroporto de Guarulhos, já que o tempo de espera no terminal doméstico varia significativamente ao longo do dia, principalmente nos horários de alta demanda de ponte aérea. Essa tecnologia permite à companhia compreender os gargalos que mais impactam o tempo de espera no check-in, tornando a experiência mais fluida e eficiente.

Conclusão

A implementação da inteligência artificial nos aeroportos brasileiros, liderada pela LATAM, é um passo significativo em direção a uma experiência de viagem mais agradável e eficiente. A capacidade de monitorar o fluxo de passageiros em tempo real e otimizar os recursos de atendimento promete reduzir o tempo de espera e melhorar a qualidade do atendimento de passageiros.

Perguntas Frequentes

  1. Como a inteligência artificial é usada nos aeroportos da LATAM?
    A LATAM utiliza câmeras de inteligência artificial para monitorar o fluxo de passageiros e otimizar o atendimento.
  2. Quais são os principais objetivos da implementação da inteligência artificial?
    Os objetivos incluem melhorar o atendimento de passageiros e proporcionar uma experiência mais eficiente aos passageiros.
  3. A LATAM tem acesso às imagens das câmeras?
    Não, a LATAM não tem acesso às imagens das câmeras, apenas aos dados transformados pelo software.
  4. Em quais aeroportos brasileiros a LATAM planeja implementar essa tecnologia?
    A LATAM começou em Guarulhos e está avaliando a possibilidade de estender a inovação a outros aeroportos brasileiros.
  5. Como essa tecnologia beneficia os passageiros da LATAM?
    A tecnologia ajuda a reduzir o tempo de espera no check-in, proporcionando uma experiência mais fluida e eficiente aos passageiros da LATAM.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
nv-author-image

Bruno Solano – Artificial Intelligence Advisor; especialista em criação de negócios rentáveis e produtos digitais baseados em Inteligência Artificial (IA); editor do tecArtificial; foi cofundador do Google Developers, programa de iniciativa do Google para estimular comunidades a utilizarem suas plataformas e tecnologias. Atualmente, coordena um dos cursos mais extensos sobre produtividade com Inteligência Artificial voltados para o mundo dos negócios.