Avançar para o conteúdo

A Inteligência Artificial no Desenvolvimento de Software é ‘Inevitável’

✅ Receba as notícias do tecArtificial no WhatsApp e siga o canal tecArtificial.

A Inteligência Artificial (IA) tem se tornado uma ferramenta essencial no mundo do desenvolvimento de software. Segundo uma pesquisa do GitLab, quase um quarto das organizações já estão utilizando IA para aprimorar o desenvolvimento de software, e mais de dois terços delas planejam adotar sistemas semelhantes. Neste artigo, exploraremos o impacto da inteligência artificial no desenvolvimento de software e como ela está moldando o futuro da indústria.

O Crescimento da IA no Desenvolvimento de Software

De acordo com o relatório Global DevSecOps de 2023 do GitLab, fica claro que a IA veio para ficar no desenvolvimento de software. A pesquisa incluiu 1.001 participantes de todo o mundo, com uma representação significativa dos Estados Unidos e da Índia. Surpreendentemente, 63% dos respondentes se identificaram como do sexo masculino, destacando a necessidade de uma maior diversidade na indústria de tecnologia.

O relatório revela que a grande maioria, impressionantes 83% dos respondentes, concordam que é essencial implementar a IA em seus processos de desenvolvimento de software para não ficar para trás. Esse consenso se manteve independente da área funcional dos respondentes (desenvolvimento, operações e segurança), nível de cargo ou anos de experiência.

Sucesso na Adoção de IA

O relatório do GitLab sugere que a adoção da IA tem sido bem-sucedida até o momento. 90% daqueles que utilizam ferramentas de aprendizado de máquina afirmam se sentir confiantes ao usá-las em seu trabalho diário. Além disso, muitos caracterizaram os esforços de suas organizações para integrar a IA ao ciclo de vida de desenvolvimento de software como “muito” ou “extremamente” bem-sucedidos.

Uso Diversificado da IA

No entanto, o uso da IA entre os respondentes não se limita à geração de código automatizado. As principais aplicações incluem:

  1. Chatbots de linguagem natural na documentação (41%);
  2. Geração automática de testes (41%);
  3. Resumos de alterações de código (39%);
  4. Acompanhamento de experimentos de modelos de aprendizado de máquina (38%);
  5. Sugestões sobre quem pode revisar as alterações de código (37%);
  6. Resumos de comentários sobre problemas (37%).

Somente depois dessas aplicações é que a geração de código e sugestões de código (36%) foram mencionadas. Isso talvez não seja surpreendente, considerando que os desenvolvedores gastam apenas 25% do tempo escrevendo código, de acordo com o relatório.

Desafios e Preocupações

Cerca de um terço dos respondentes da pesquisa se mostrou “muito” ou “extremamente” preocupado com a IA no ciclo de desenvolvimento de software. Cerca de metade deles (48%) teme que o código gerado pela IA não esteja sujeito à proteção de direitos autorais, enquanto aproximadamente 39% se preocupam com a possibilidade de que o código gerado possa introduzir vulnerabilidades de segurança.

Esses profissionais do DevSecOps também se questionam se a IA substituirá seus empregos. Mais da metade (57%) dos respondentes acredita que a IA assumirá suas funções nos próximos cinco anos, de acordo com o relatório.

No entanto, também há aqueles que antecipam que a IA gerará mais trabalho para eles. 40% dos profissionais de segurança disseram estar preocupados que a geração de código impulsionada pela IA aumentará sua carga de trabalho, em comparação com apenas 29% dos respondentes em geral.

A Necessidade de Treinamento

Uma área em que a maioria dos participantes concorda é a necessidade de treinamento. 81% dos respondentes afirmam que precisam de mais treinamento para utilizar a IA no local de trabalho, e 87% acreditam que as organizações terão que treinar os funcionários para se adaptarem ao novo cenário.

Conclusão

O relatório do GitLab conclui observando que os respondentes com mais experiência em IA têm menos probabilidade de associar a IA a ganhos de produtividade e ciclos de desenvolvimento mais rápidos. A IA pode gerar código mais rapidamente do que um desenvolvedor humano, mas um membro da equipe humana precisa verificar se o código gerado pela IA está livre de erros, vulnerabilidades de segurança ou questões de direitos autorais antes que ele vá para produção.

Portanto, a IA está desempenhando um papel cada vez mais importante no desenvolvimento de software, mas seu sucesso depende da colaboração harmoniosa entre humanos e máquinas.

Perguntas Frequentes Sobre a Inteligência Artificial no Desenvolvimento de Software

  1. A IA vai substituir completamente os desenvolvedores de software?
    Não necessariamente. A IA pode ser uma ferramenta poderosa, mas os desenvolvedores humanos ainda desempenham um papel crucial na garantia de qualidade e segurança do código.
  2. Como posso me preparar para trabalhar com IA no desenvolvimento de software?
    Busque oportunidades de treinamento e educação em IA e esteja disposto a aprender novas habilidades.
  3. Quais são os maiores benefícios da IA no desenvolvimento de software?
    A IA pode acelerar o processo de desenvolvimento, automatizar tarefas tediosas e melhorar a detecção de vulnerabilidades de segurança.
  4. A IA é segura para uso em desenvolvimento de software?
    Quando usada corretamente e com supervisão adequada, a IA pode ser segura. No entanto, é importante estar ciente dos possíveis desafios e vulnerabilidades.
  5. A IA afetará negativamente a criação de empregos na indústria de tecnologia?
    Embora a IA possa automatizar algumas tarefas, também pode criar novas oportunidades e funções para os profissionais de tecnologia. O impacto final varia de acordo com a adaptação e evolução da indústria.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
nv-author-image

Bruno Solano – Artificial Intelligence Advisor; especialista em criação de negócios rentáveis e produtos digitais baseados em Inteligência Artificial (IA); editor do tecArtificial; foi cofundador do Google Developers, programa de iniciativa do Google para estimular comunidades a utilizarem suas plataformas e tecnologias. Atualmente, coordena um dos cursos mais extensos sobre produtividade com Inteligência Artificial voltados para o mundo dos negócios.